Resenha | A rainha Vermelha

A rainha Vermelha de Victoria Aveyard é um livro promissor como inicio de uma série. A história acompanha Mare, que é uma garota vermelha e pouco convencional.

Em um mundo no qual existem apenas duas castas, a dos vermelhos e dos nobres brancos. Definidos pela cor do sangue que corre em suas veias. Mare e sua família tentam sobreviver.

Mare é uma ladra, roubando e batendo carteiras pra sobreviver, antes de sua iminente convocaçao para a guerra. Convocaçao obrigatória para todos jovens que não possuem uma profissão. Seu destino parecia definido, até uma súbita mudança de eventos, quando descobre um potencial enorme dentro dela, não antes presenciado.

O primeiro livro é ótimo, fácil de ler e com bons conflitos e críticas a uma sociedade dividia e arbitraria. Com bons personagens. Mas… Ele possui alguns problemas. O primeiro: A leitura é previsível, adivinhar o que vai acontecer não é difícil. Segundo: o desenvolvimento da Mare Como personagem é meio devagar. Caindo um pouco no clichê.

Como primeiro livro ele é uma boa introdução para o universo da história, possui boas críticas e boas ideias, a questão em si é que a história se desenvolve melhor nos outros livros.

Skoob | Amazon

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s