Carrie A Estranha | Livro | Resenha

Olá! Como vocês estão? A resenha dessa semana é de Carrie – A Estranha, livro de Stephen King. A minha edição tem 290 páginas e foi lançada pela editora Ponto de Leitura, mas você encontra outras edições com até 169 páginas por aí.

O livro conta a história de Carrieta White. Ela tem 16 anos e estuda na escola de Chamberlain, no Maine. Ela acaba menstruando pela primeira vez no meio do vestiário femino e as colegas fazem um bulling pesadíssimo. O trauma acaba despertando nela poderes de telecinese que ela não sabia que tinha.

O livro mescla vários tipos diferentes de texto, como a apuração de um caso real. Nós temos a perspectiva de algumas personagens, trechos de livros acadêmicos, transcrições de interrogatório… Mas as coisas são bem encaixadas e funcionam direitinho. A pessoa que escreve o livro – que parece ser um investigador – fala consco do futuro, onde os acontecimentos narrados já passaram. Ele não menciona qual é o ” grande motivo da investigação”, mas as pistas que ele dá – somadas às pelo menos 3 adaptações cinematográficas – meio que matam o suspense. Mas eu imagino que esse negócio quando foi lançado em 1974 deve ter deixado as pessoas chocadíssimas.

Agora, que o livro segura sua atenção ele segura. Quanto mais informação ele te dá, mais você quer. A história é consruída de forma a mostrar com muita clareza os passos de cada personagem mas sem ficar te fazendo de burro. O livro é considerado super sangrento e gore, mas acho que não é pra tanto. Acho que hoje em dia ele perdeu um pouco esse baque. Ele tem sim umas cenas que eu achei nojentas e até uma ou duas que pessoas menos acostumadas ou mais sensíveis podem achar sanguinolentas demais. Mas eu encarei com certa tranquilidade.

O livro também discute de forma muito aberta a ifluência de pessoas e instituições em nossa vida e nos leva  refletir até que ponto essa influência é valida. De forma mais obvia, a mãe de Carrie vem discutir o papel da religião e os maleficios de segui-la de forma radical e sem nenhuma ponderação. Já Sue Snell, representa de forma um pouco mais sutil a influência de outras pessoas. Ela participa do bulling sem pensar, apenas como parte do grupo. Mas após refletir ela faz o que está a seu alcance para consertar as coisas e acaba sendo salva por essa escolha.

O final conta com uma surpresinha que nenhuma adaptação cinematográfica teve até hoje e que deu um toque extra de susto. Mas no caso eu não vou contar senão perde toda a graça.

Eu tive muita dificuldade para ler a primeira obra de Stephen King que peguei, mas esse livro fluiu de uma forma surpreendente.

O livro ganha 5 prédios de escola, nossa nota máxima! Você encontra ele também no Skoob e na Amazon.

🏢🏢🏢🏢🏢

 

22 Comments

  1. Esse foi o primeiro livro do King que li e gostei bastante, já tinha assistido duas adaptações do livro então já sabia a base da história, li ele em um dia e gostei bastante e me surpreendi com o final. Adorei a resenha você se expressou bem mostrando sua opinião, tbm não achei ele tão sanguinolento como falam não e com certeza essa obra mereceu ganhar os 5 prédios de escola 🙂

    Abs

    Gostar


  2. https://polldaddy.com/js/rating/rating.jsJá me falaram que esse seira um ótimo livro para começar ler histórias do King. á assisti aos três filmes. Confesso que esse último remake que saiu não me agradou muito, mas os outros dois eu gosto; aquele mais antigo me dava um pânico. Pela atmosfera das obras cinematográficas, parece ser um livro que nos deixa bem tensos… adoro! 🙂
    adorei a resenha :* beijos

    Gostar


  3. https://polldaddy.com/js/rating/rating.jsEu tenho certa curiosidade em ler alguma coisa do King mas sempre vou deixando para depois. Não sabia que Carrie tem menos de 300 páginas, acho que porque vi que IT é enorme acabei pensando que todos os livros do autor também são grandes hahaha
    Enfim, dos livros do King, Carrie a Estranha sempre foi o que menos chamou a minha atenção mas sua resenha conseguiu me deixar interessada. Acho que vou dar uma chance para o livro hehehe

    Gostar

    1. Ah, que bom que você gostou! Por experiência própria, eu sugiro que você tente livros menores primeiro. Eu comecei com O Iluminado e foi uma leitura super difícil. Fiquei até achando que não gostava, até dar uma oportunidade pra um livro menor

      Gostar

  4. Ameiiiii a resenha, sou apaixonada nesse filme e livro, mesmo sentindo um poco de medo.
    Eu nem vou falar nada sobre Stephen King, um hino em forma de gente.

    Gostar

  5. Não sou fã de filmes e livros de terror. Porém já comecei a ver a primeira adaptação, mas nunca assisti até as coisas começarem a ficar assustadoras. Acho que é uma boa dica para quem curte o estilo ou assistiu os filme e quer saber mais sobre.

    Gostar

  6. Parece ser um livro e tanto! Fiquei muito curioso e confesso que não sabia da existência do livro, talvez falta de informação, se o filme já foi bom imagine se aventurar pelas páginas! A emoção deve ser única, sem dizer que Stephen King é o cara!
    Abraços 😊

    Gostar

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s