Tartarugas Até Lá Embaixo | Resenha | Livro

Hoje vou falar de um livro surpreendentemente bom. Tartarugas Até Lá Embaixo foi escrito por John Green, tem 273 páginas e foi lançado pela Intrínseca.

Aza é uma jovem de 16 anos com TOC (transtorno obsessivo-compulsivo). Ela vive com germofobia e os pensamentos dela frequentemente a consomem e geram crises de pânico. Ela tem uma melhor amiga, Daisy. Ela é viciadíssima em Star Wars e escreve fanfics. Um dia as duas descobrem que sumiu um bilionário e tem uma recompensa de 100 mil dólares por pistas. E aí elas se aproximam de Davis, o filho do bilionário que também tem 16 anos. Isso tudo no meio dos surtos cada vez mais frequentes de Aza.

O livro é desses que você começa e não consegue parar nunca mais. Um negócio impressionante. Eu li com facilidade 100 páginas num único dia. O John Green escreve super bem e a leitura é muito flúida.

A personagem principal, Aza, é quem narra a história. As coisas que se passam na cabeça dela são impressionantes. A descrição que ela faz da crise de pânico e do medo de bactérias é tão real que eu saí de cada sessão de leitura meio aflita. Você começa mesmo a sentir o que ela está sentindo.

Uma coisa bem legal é o contexto do livro. Eu já achei legal que ele é todo localizado nos dias de hoje, e que tem as referências da cultura pop.. Eu fico imaginando alguém que mora nos EUA. Parece que a Aza e a Daisy poderiam ser suas amigas.

A existência do Davis no livro é a única coisa que não me agrada taaanto. Não que não seja legal. Mas ele meio que não passa de um gatilho de ansiedade. Podia ser um gato que seguiu ela até em casa. Teria quase o mesmo efeito. No início tinha a coisa da investigação que justificava a presença dele na trama. Mas em algum momento teve uma importância desnecessáriamente grande pro romance esquisito dos dois. Sei lá. Eu queria que a invesigação não tivesse sido completamente subistuida pelo romance do nada no meio do livro. Mas vida que segue.

A questão é que a escrita é tão legal e o livro tão interessante que eu meio que relevei um ou outro defeito. O grande foco da história é a Aza, e de vez em quando você realmente tá lá fazendo uma coisa e você meio que muda e pronto. Acontece.

O livro leva 4 tartarugas de 5!

🐢 🐢 🐢 🐢 🐢

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s